Importância da educação corporativa continuada

Educação continuada corporativa

Não é novidade: as empresas cada vez mais estão preocupadas com o desenvolvimento de seus colaboradores. Os motivos para apostar em educação corporativa continuada são inúmeros e o melhor: os benefícios atingem corporação e funcionários.  

A capacitação contínua é o trabalho encabeçado pela área de desenvolvimento dos times de Recursos Humanos e tem o objetivo de preencher lacunas identificadas nas áreas e também de fortalecer aspectos culturais das instituições. 

A educação corporativa continuada é muito poderosa e capaz de tornar uma empresa muito mais competitiva. Ao priorizar informação e também como obter informação, em um mundo em que o acesso a dados é infinito, mas a interpretação deles, precária, a organização fica à frente e pode aproveitar a vantagem. Acompanhe! 

Educação corporativa e resultados

Mais do garantir uma margem de treinamento anual por colaborador, o realmente relevante é contribuir para o avanço das empresas, em diferentes níveis: reconhecendo que todas as esferas são importantes para alcançar resultados. 

Como fazer isso? É preciso ampliar os horizontes e estar atento a todos. Em um primeiro momento, é necessário estar alinhado ao plano geral da empresa. Ou seja: por dentro do planejamento estratégico. Com essa visão, fica muito mais claro e intuitivo reconhecer quais são as lacunas que precisam ser preenchidas primeiro. Sempre há um objetivo para cada ação.

Depois, planeje uma agenda com diretoria e demais líderes para acompanhar de perto as ações e identificar quais capacitações precisam ser oferecidas. 

Assim, de mãos dadas com os grandes guias das empresas, a educação corporativa continuada ganha atribuições cada vez mais relevantes.

Benefícios no dia a dia

Quando focamos o objetivo de apoiar a realização das metas, é preciso ter em mente de que se trata de um processo longo, que geralmente leva um ano. Entretanto, enquanto essa mecânica se desenvolve, já é possível detectar muitos benefícios. Veja: 

Para os colaboradores:

  • Valorização

A agenda de treinamento demonstra que a empresa vê potencial no funcionário e isso, por sua vez, faz com que ele se sinta valorizado e reconhecido.

  • Aprendizado prático

O conhecimento da capacitação sempre está voltado para o desempenho de alguma parte da função que a pessoa já exerce. Dessa forma, o engajamento é alto, uma vez que o treinamento é sempre muito relevante.

  • Atualização

Um colaborador atualizado melhora a qualidade das suas entregas, podendo ser disruptivo e inovador. 

  • Satisfação 

A consequência dessas etapas é um funcionário confortável e satisfeito com sua participação na corporação.

Para a empresa:

  •  Competitiva

Quanto mais conhecimento for disseminado, mais competitiva uma empresa é, quando comparada ao mercado. E os benefícios disso são inúmeros: mais inovação e aumento de receita. 

  • Todos na mesma página 

A educação corporativa continuada pode nivelar conhecimentos e deixar os colaboradores de um time dentro de um mesmo patamar de informação sobre determinado tema.

  • Retenção de talentos 

O reconhecimento e educação corporativa continuada formam colaboradores interessados por sua função na organização, diminuindo pedidos de demissão.

  • Employer branding

Empresas com plano de educação corporativa continuada têm mais chances de serem escolhidas pelos candidatos que estão à procura de emprego. Essa prática pode ser um critério importante para encantar futuros talentos.

Ainda mais engajamento

Além do conteúdo e sua utilidade no dia a dia da organização, o canal pelo qual o treinamento é apresentado pode fazer diferença no entusiasmo dos colaboradores. 

Em vez do treinamento tradicional: uma palestra presencial ou on-line, integre tecnologia a esses processos. Temos algumas ideias para ajudar você:

1 – Vídeos 

Quando é necessário oferecer treinamento sobre qual ação tomar em um atendimento, por exemplo. No lugar de apostar em uma apostila ou palestra sobre qual é a conduta correta, crie vídeos que narram os acontecimentos do atendimento, exemplificando o erro e a atitude correta. Somos facilmente capturados por narrativas. É uma alternativa interessante para fixar informações e a atenção dos funcionários.

2 – Gamificação 

Outra opção para apresentar opções de erro e acerto é a gamificação. E mais: é uma ótima ferramenta para feedbacks em tempo real. A cada fase, o participante é informado sobre sua atuação. 

A base para a experiência da gamificação são os jogos de videogame. Agora, voltados para corporações, utiliza o desafio e as recompensas para motivar funcionários a participarem dos treinamentos. 

3 – E-learning 

Essas plataformas para distribuição de treinamentos se adaptam a diversas necessidades das capacitações, inclusive as que mencionamos acima. E o melhor: podem ser acessadas de qualquer dispositivo móvel, o que torna a experiência mais próxima da realidade digital dos colaboradores, que podem acessá-los a qualquer hora, de qualquer lugar. 

Vez do resultado 

O trabalho com um bom treinamento só termina com os resultados. Por isso, não deixe de examinar os índices das suas capacitações. Elas realmente foram relevantes? 

Analise se houve aprendizado: avalie os participantes antes e depois dos cursos. Tenha controle constante do número de participantes e desistentes e tenha uma meta para hora de treinamento por pessoa por ano.

Além disso, acompanhe de perto o efeito que os treinamentos tiveram na entrega das metas. Avalie com gestores os resultados nos times antes e depois dos cursos.

Conclusão 

A educação corporativa continuada é uma necessidade que começou a ser explorada nos ambientes corporativos a partir de meados do século XX. Constatou-se que as empresas também poderiam contribuir para o aprimoramento e serem muito mais eficazes ao oferecer conhecimento específico para necessidades da empresa.

O ganho com esse programa de cursos contínuos é diverso. Tantos profissionais quanto corporações aproveitam os benefícios: funcionários engajados, atualizados, menor retenção, fortalecimento do employer branding e competitividade. 

Para que todos esses resultados possam ser alcançados, não esqueça de ser estratégico: determine o programa de treinamento a partir das necessidades da organização. 

Fale agora mesmo com um de nossos especialistas!

 

Captcha obrigatório

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *