Microlearning: você sabe como utilizar?

Microlearning

Muitos gestores já estão apostando nas ferramentas de microlearning para diversificar seus treinamentos corporativos e oferecer às equipes uma experiência ainda mais dinâmica e eficaz.

A sua empresa também já adotou essa estratégia? Ou ainda é algo totalmente desconhecido em seu ramo de negócios? Se a sua resposta for a segunda opção, então este conteúdo é feito especialmente para você!

Vamos explicar o que é esse tal de microlearning, apresentar os benefícios dessa tática, além de dar algumas dicas de como implantá-la com sucesso em sua estratégia de capacitação. Se interessou? Continue a leitura para saber mais!

O que é microlearning?

Em uma tradução direta do inglês, o termo microlearning pode ser entendido como “micro aprendizagem”. Porém, desde já é importante esclarecer que esse “micro” não está relacionado ao volume de conhecimento, e sim ao formato em que o conteúdo é apresentado.

O objetivo é produzir materiais que possam ser consumidos pelos usuários de um jeito rápido e prático, mas nem por isso menos educativo. Nesse contexto, os assuntos são apresentados de forma online, por meio de áudios, vídeos ou animações, e em um tempo médio que vai de 2 a 5 minutos.

Essas pequenas doses de informação são altamente didáticas e de simples assimilação, não exigindo muito tempo de dedicação e concentração e fazendo com que o público tenha mais facilidade para absorver as mensagens. É o formato ideal para quem tem pouco tempo disponível ao longo do dia para estudar!

Quais são as vantagens de adotar uma estratégia de microlearning?

Geralmente, os treinamentos aplicados em um formato mais convencional representam um grande custo financeiro e de tempo das empresas.

É preciso encontrar um local que reúna todos os participantes, disponibilizar os materiais de estudo e a tecnologia necessária, e elaborar um cronograma que permita aos participantes paralisar suas atividades sem comprometer a produtividade. Nesse cenário, o microlearning entra em cena como uma solução repleta de benefícios!

Facilidade de acesso

Os conteúdos de microlearning podem ser hospedados em uma plataforma virtual ou compartilhados via e-mail em grupos fechados com acesso exclusivo nas redes sociais.

Dessa forma, os usuários têm a possibilidade de acessar tudo via computador, tablet ou smartphone, ou ainda fazer download dos materiais para consultar sempre que necessário.

Conteúdo personalizado

Ao invés de preparar um treinamento extenso, com uma grande densidade de conteúdo, a estratégia de microlearnig permite a segmentação dos assuntos sem perder a qualidade e o valor da informação.

Assim, cada equipe tem acesso aos materiais mais relevantes para a sua rotina de trabalho, trazendo ganhos de interesse e engajamento.

Agilidade na produção dos materiais

Do ponto de vista da empresa, enquanto a transmissão de conhecimentos no formato macro demanda toda uma logística de datas, escolha de locais e deslocamento dos profissionais, a transmissão de um conteúdo por meio do microlearning é muito mais ágil.

Com um conteúdo relevante, design estratégico e os equipamentos certos, é possível desenvolver materiais com qualidade, distribuí-los a um número maior de usuários, e em menos tempo.

Atualizações rápidas e eficientes

No mundo atual, as informações e tecnologias ficam defasadas com uma velocidade cada vez maior. Essa nova dinâmica exige que os conteúdos sejam renovados frequentemente e de uma forma que continue despertando o interesse do público.

Essa é mais uma vantagem do microlearning, que permite aos gestores gerar novos materiais em pouco tempo e substituir os antigos sem prejudicar o contexto geral do treinamento.

A partir de um planejamento eficaz e uma execução cuidadosa, é possível colher resultados altamente positivos com o microlearning, e todos saem ganhando:

  • Os funcionários se sentem mais engajados e desenvolvem novas competências valiosas para suas carreiras;
  • Os gestores poderão contar com equipes capacitadas e comprometidas com os seus objetivos;
  • O RH terá à sua disposição uma ferramenta com uma ampla gama de possibilidades de aplicação;
  • Os clientes sentirão os resultados com o aumento da qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela companhia.

Microlearning

Quando utilizar o microlearning na sua empresa?

Agora que você já conhece as vantagens que o microlearning pode trazer para os negócios, vamos dar alguns exemplos de como ele pode ser aplicado no ambiente corporativo:

  • Para facilitar o entendimento de temas mais complexos, como o funcionamento de determinados equipamentos, o auxílio dos recursos multimídia é excelente para construir exemplos animados que ajudem na compreensão;
  • Quando o assunto for muito extenso, a dica é dividir o conteúdo em capítulos e utilizar o microlearning para apresentar essas pílulas de forma mais criativa;
  • Para reforçar algum tópico mais específico abordado no treinamento, como a apresentação de um novo produto, uma legislação que entrou em vigor ou a adoção de uma nova rotina de trabalho.

Essas são apenas algumas das possibilidades do uso corporativo do microlearning. Dependendo dos objetivos de negócio, é possível explorar uma infinidade de conteúdos diferenciados. Basta alinhar o planejamento à criatividade para conquistar resultados incríveis!

Como implantar esse recurso na hora de treinar a sua equipe?

Como encerramos o tópico anterior falando em planejamento, vamos iniciar este destacando a importância dessa etapa para o sucesso do seu treinamento com microlearning. Comece definindo alguns pontos importantes, como:

  • Quais são os objetivos centrais do treinamento;
  • Quais são as principais necessidades ou dificuldades da sua equipe;
  • Que competências precisam ser desenvolvidas para solucionar esses desafios;
  • Qual será o tema do treinamento em questão;
  • Qual é a melhor linguagem para apresentar o conteúdo.

A partir dessas questões é possível desenvolver materiais ricos e adequados tanto ao perfil do público quanto da empresa.

O próximo passo é a produção dos materiais de microlearning em si. Para deixar a aprendizagem mais dinâmica e despertar o interesse dos colaboradores, uma boa dica é diversificar os formatos apresentados: é possível utilizar vídeos, podcasts, infográficos e até recursos mais interativos como quizzes e as ferramentas de gamificação.

Com todos conteúdos prontos, é hora de iniciar o treinamento! Um ponto muito importante dessa etapa é a plataforma escolhida para que você possa disponibilizar os materiais de estudo.

Hoje em dia, é possível encontrar no mercado diversos recursos que possibilitam a criação de bibliotecas online, ambientes virtuais de aprendizagem ou universidades corporativas. A escolha vai depender do perfil e das necessidades da sua empresa.

Para ajudá-lo nesta decisão, você pode contar com a Didaxis. Visite o nosso site e conheça as nossas soluções para colocar em prática a sua estratégia de microlearning com sucesso!

Captcha obrigatório

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *