Como dar um feedback eficaz aos funcionários? 6 dicas para gestores!

importância do feedback

É verdade que muitas empresas já reconhecem a importância do feedback para melhorar o desempenho de suas equipes e assegurar que todos estejam alinhados com os objetivos e a cultura organizacional.

Por outro lado, muitos líderes ainda desconhecem a melhor forma de dar um retorno qualificado aos seus colaboradores. Assim, a crítica construtiva acaba se transformando em repreensão e os resultados esperados não são atingidos, gerando um clima de insatisfação para todos.

Para evitar esse tipo de situação, preparamos este conteúdo com 6 dicas para que quem deseja oferecer um bom feedback aos seus funcionários de forma prática e sem estresse. Saiba mais!

Afinal, qual é a importância do feedback?

Em primeiro lugar, é essencial entendermos que o processo de feedback vai muito além de apontar as possíveis falhas de um funcionário na expectativa de que ele transforme a sua postura. Na contramão desse pensamento, a importância do feedback está justamente concentrada em duas habilidades primordiais:

  • Ajudar o profissional a compreender que aspectos devem ser melhorados para que ele se enquadre melhor no perfil da empresa;
  • Elaborar ações que ajudem no desenvolvimento das competências desejadas de forma eficaz.

Esse procedimento é vital para a construção de um ambiente corporativo mais saudável e traz ganhos para a empresa como um todo. A seguir, vamos listar alguns dos benefícios que um bom feedback pode assegurar!

Reduz a incidência de erros

Uma comunicação honesta e transparente é essencial para que os funcionários reconheçam suas falhas e possam trabalhar junto aos seus líderes para corrigi-las. Dessa forma, é possível evitar que os erros se tornem recorrentes, além da necessidade de retrabalho.

Garante que todos estejam alinhados

Para que um projeto atinja os resultados esperados, é essencial que todos os profissionais envolvidos estejam cientes do objetivo que deve ser alcançado e conheçam bem o papel que devem desempenhar no processo. Nesse cenário, a importância do feedback está em garantir que esse plano aconteça na prática!

Aumenta o engajamento das equipes

Uma abordagem amigável é capaz de transformar toda a forma como uma mensagem é recebida. Assim, uma bronca pode se converter em um conselho altamente motivador, instigando cada indivíduo a dar o seu melhor para garantir o bom resultado do trabalho.

Melhora a comunicação e líderes e seus times

Por fim, por meio de um feedback de qualidade, é possível aumentar a proximidade e a relação de confiança entre os gestores e suas equipes — bem como entre os próprios colaboradores. Dessa forma, cria-se um fluxo de comunicação saudável e realmente eficiente.

A longo prazo, será possível observar a evolução das equipes e um aumento do desempenho, resultando na conclusão dos projetos dentro do prazo estipulado, na economia de custos e de tempo na realização das atividades e, consequentemente, no crescimento da empresa.

6 formas de dar um feedback eficaz

Neste tópico, vamos listar 6 dicas para que você possa fornecer um retorno às suas equipes de forma positiva e com bons resultados.

1 – Garantir a privacidade do funcionário

Se o foco não for o desempenho da equipe como um todo, o feedback deve ser individual. Assim, no caso de um retorno negativo, esse cuidado garante que o funcionário não se sinta constrangido na frente dos colegas ou que esses se sintam intimidados por seu líder. Já no caso de um elogio pelo desempenho em determinada atividade, a conversa individual evita o clima de competição e favoritismo.

Aqui, temos algumas dicas que podem fazer a diferença nesse processo:

  • Escolha um local tranquilo e suspenda as ligações e mensagens para evitar interrupções;
  • Certifique-se de que o som não irá “vazar” para outros ambientes, evitando que outras pessoas escutem e possam gerar fofocas;
  • Evite mandar e-mails, uma vez que o recado pode ser mal interpretado pelo destinatário e até repassado para terceiros.

2 – Transmitir a mensagem com objetividade e transparência

Mensagens vagas e genéricas como “Esperava resultados melhores”; ou “Não estou contente com o seu desempenho”, sem explicações mais detalhadas, são extremamente ineficazes e apenas geram antipatia.

O segredo é buscar exemplos de ações da própria empresa ou posturas que esse funcionário já tenha adotado em outras situações e fazer sugestões específicas de como ele pode melhorar sua performance; sem rodeios e com clareza para que o feedback seja realmente eficaz.

3 – Promover abertura para o retorno do colaborador

A comunicação corporativa é uma via de duas mãos: você deve fornecer o feedback aos funcionários, mas também precisa dar espaço para que eles emitam suas opiniões.

Dessa forma, é possível evitar pré-julgamentos, solucionar dúvidas e estabelecer um canal de diálogo extremamente valioso para o aumento do clima de confiança na empresa.

4 – Buscar as melhores soluções de forma conjunta

Apontar as melhorias necessárias com transparência e respeito pelo colaborador é essencial, mas colocar-se à disposição para ajudá-lo nesse processo de crescimento é uma atitude ainda melhor!

Essa cooperação gera não apenas proximidade, mas possibilita que a solução mais adequada a cada caso seja encontrada com mais rapidez e eficiência.

5 – Utilizar sempre uma linguagem positiva

Ainda que o feedback seja negativo, o uso de uma linguagem positiva faz toda a diferença na forma como a mensagem vai ser absorvida pelo interlocutor.

Experimente fazer o exercício de substituir frases como “Você não deveria…” ou “Eu não gosto…” por “Gostaria que você considerasse…” ou “Que tal tentar outro caminho, como…”, entre outras possibilidades. Essa simples mudança pode levar o funcionário de uma postura defensiva para uma atitude mais aberta e disposta a colaborar.

6 – Escolher o momento certo para fornecer o feedback

Se você estiver frustrado ou irritado com seu funcionário, uma resposta imediata, no calor do momento, talvez não seja uma boa ideia, já que os ânimos podem estar exaltados.

Por outro lado, não é recomendado esperar muito para dar seu feedback. Afinal, o incidente pode se repetir nesse meio tempo, ou o colaborador pode ter a sensação de que você estava reunindo motivos para repreendê-lo. O ideal é respirar fundo, recuperar a calma e logo em seguida solicitar a conversa.

Deu para perceber a importância do feedback para estabelecer um bom clima organizacional? Pois bem, essa é uma ferramenta de aprendizagem contínua e altamente valiosa. Por isso, deve ser parte integrante da cultura da empresa.

Se você curtiu nossas dicas e gostaria de conferir mais conteúdos como este, aproveite para conferir outros artigos do nosso blog! Se surgir alguma duvida saiba que a Didaxis pode te ajudar! 

 

Captcha obrigatório

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *